Quanto mais fortes forem os seus músculos abdominais, menos probabilidade terá de lesionar a coluna. Se os seus abdominais forem fortes, obrigam a empurrar o conteúdo abdominal, formando um cilindro de fluido que se ergue e afasta o peso da coluna. Para fortalecer os músculos abdominais, deite-se de costas no chão, em cima de um tapete com os joelhos fletidos, as plantas dos dedos das mãos a tocar ligeiramente nos lados da cabeça e os cotovelos esticados para os lados.
Atualmente, com tantas horas no trânsito, motoristas e passageiros não podem abrir mão de certos cuidados com a coluna. O banco dos veículos é o primeiro obstáculo a ser vencido. A padronização dos assentos usados pelos meios de transporte contribui para os maus hábitos posturais, pois raramente dão suporte adequado à coluna lombar. O encosto ideal deve fornecer um suporte lombar para que a lordose seja mantida, evitando assim futuras dores lombares ou prevenindo o agravamento das lesões já instaladas.
Exames radiológicos mais modernos, ainda pouco usados na prática médica do dia-a-dia, conseguiram demonstrar que pacientes com fibromialgia apresentam sinais precoces de envelhecimento do cérebro, com redução da área cinzenta (local do cérebro onde ficam os neurônios). Estas alterações podem justificam uma exagerada interpretação do cérebro aos estímulos externos.
Whether you attend a live workshop, take the Video-Course, or use the Guidebook, you will learn the accurate location of 230 specific acupressure points as well as the 60 line/point formulas as delineated by the Wat Po School in Bangkok Thailand. Each formula shows the lines and points to use when treating specific common ailments such as Headaches, Facial Disorders, Shoulder Pain, Elbow, Wrist, Back Pain, Hip Pain, Knee Pain, Ankle and Toe sprains and much more.
O tratamento pode ser feito com anti-inflamatórios e sessões de fisioterapia para uma total reabilitação. Um tratamento só com anti-inflamatório ou só acupuntura (que tem como princípio aumentar as endorfinas fisiológicas do nosso corpo para que possamos tolerar um nível maior de dor), irá apenas aliviar as dores. Para resolver a causa é preciso um bom trabalho de alongamento muscular. 

A dor pode instalar-se de forma gradual (vai doendo cada vez mais) ou, então, pode surgir de forma súbita (“repentina” ou “de repente”), sendo que este facto e a intensidade da dor não estão, por norma, diretamente relacionados com a gravidade do problema. A dor nas costas é um sintoma que deverá ser sempre avaliado pelo médico. Se a dor nas costas for muito forte ou se houver outros sintomas como febre, arrepios, perda de peso, dificuldade em respirar, problemas em se movimentar, entre outros sinais e sintomas a valorizar, deverá procurar um médico com urgência.

Lin Tchie Yeng – Prescrever apenas analgésicos não é o suficiente. O tratamento clássico envolve antidepressivos em doses menores do que as indicadas para a depressão, uma vez que os neurotransmissores da dor e da depressão no sistema nervoso são muito similares ou, às vezes, os mesmos. Quando se receitam esses medicamentos, os pacientes precisam ser informados de suas propriedades específicas para garantir a adesão ao tratamento.


Sabemos que existe uma sequência cinemática ideal para gerar a máxima potência no swing de golfe e que essa sequência tem uma ordem específica. Refiro-me particularmente ao momento que mudas de direcção no teu swing, isto é, cuando inicias o downswing. Essa ordem é: 1) pelvis, 2) tórax, 3) braço dianteiro (braço esquerdo para um jugador destro) e 4) taco. Quando estes segmentos não seguem esta ordem sabemos, com segurança, que não poderás tirar o máximo proveito do teu swing e que ao longo do tempo poderás sofrer várias lesões.

Em 25 % dos pacientes é possível atribuir uma causa exata à dor. Na sua maioria, são lesões nos discos intervertebrais, alterações causadas por desgaste nas articulações ou osteoporose. Em caso de uma escoliose ou de uma cifose, sentem-se tensões dolorosas dos músculos. Também outras doenças, como cálculos renais ou uma inflamação pulmonar, podem causar dores nas costas.
Saber distinguir se a dor é oriunda de um problema na coluna ou se o paciente tem pré-disposição para contratura desse músculo será de fundamental importância para saber se é possível alongar ou não. É importante salientar que a causa mais comum da dor ciática são as lesões degenerativas da coluna vertebral, tais como: hérnia de disco, protrusão de disco, espondilolistese, artrose nas vértebras inferiores e estenose vertebral. Nesses casos, alongar os músculos posteriores da coxa podem até contribuir para o aumento da dor. Nas lesões mais severas e graves, os pacientes poderão apresentar quadros de fraqueza muscular em uma das pernas ou nas duas, e a falta de força poderá mudar o padrão da caminhada. Nesses casos, o paciente não consegue ficar de ponta de pé sobre a perna afetada ou dar alguns passos usando apenas os calcanhares.
De acordo com sua declaração, um disco em Woods devolveu-se seriamente devido a causar ciática, as três cirurgias e dor severa nas costas e nas pernas. Durante a operação recente, o disco danificado foi removido e o espaço do disco colapsado foi elevado a níveis que eram regulares. O objetivo é aliviar a pressão sobre o nervo, diz o comunicado. O procedimento foi realizado pelo Dr. Richard Guyer do Centro de Reposição de Disco no Texas Back Institute.
Lin Tchie Yeng – Com o uso exclusivo de anti-inflamatórios, a dor melhora por uns tempos, mas torna a aparecer. No tratamento da fibromialgia, medicação ajuda, mas não é o suficiente. É importante trabalhar com o lado físico e psicológico do paciente. Por isso, os antidepressivos representam uma primeira e conveniente opção. Associados aos analgésicos e anti-inflamatórios, diminuem os sintomas da dor. No entanto, pacientes com fibromialgia ou dores crônicas requerem abordagem multidisciplinar para que o tratamento apresente resultados mais eficientes.
×