Dor nas costas (ou "Dorsalgia") é a dor sentida nas costas. Pode provir dos músculos, nervos, ossos, articulações ou outras estruturas ligadas à coluna vertebral. A dor pode ser constante ou intermitente, localizada ou difusa. Pode ter características em picada ou ardor. A dor cervical pode deslocar-se pelo braço e mão e parte superior das costas. Na parte inferior pode deslocar-se pela perna e pé e incluir fraqueza e dormência.
Os nubs da esteira de acupressão são geralmente feitos de plástico rígido ou borracha. O tamanho da esteira de acupressão é adaptado ao tamanho médio de uma pessoa ou ao comprimento das costas. Geralmente, o material é geralmente feito de algodão ou um tecido semelhante, em que uma esteira de borracha de espuma é processada. A esteira de borracha de espuma é principalmente retirada.
Um recente estudo conduzido pelo Instituto de Bioengenharia da Catalunha relacionou a dor nas costas com a falta de nutrientes na coluna. Um desses nutrientes é a glicose. O excesso de pressão nos discos articulares da coluna reduz a quantidade de glicose e eleva a de ácido lático, que interrompe a nutrição das células e começa o processo degenerativo, ocasionando dor.

A dor no nervo ciático (ou simplesmente Ciática) trata-se de um sintoma de outro problema médico. O nervo ciático é considerado o maior do corpo humano: estende-se desde a face posterior do quadril, descendo por trás da coxa e dos joelhos até alcançar o dedo maior do pé, ou seja, vai desde a coluna lombar até os pés. É ele quem possibilita o movimento dos músculos das pernas, permitindo as articulações dos membros inferiores, além de ser responsável pelas sensações.

Fibromyalgia syndrome (FS) is a common painful condition of the musculoskeletal system that is typically accompanied by several symptoms in other systems. In Brazil, the prevalence of FS is estimated at 2.5%. Here, we present the initial data from Epi-Fibro, a nationwide databank of FS patients seen in public and private settings. The aims of this study were to assess how the diagnosis of FS was ... [Show full abstract]View full-text


Cedo demais – Woods voltou a colocar sua participação no Masters em dúvida nesta segunda-feira, quando falou à imprensa durante o lançamento do AT&T National deste ano, torneio que destina verbas para a fundação do jogador. “Para Augusta, é na verdade um pouco cedo para ser honesto com vocês”, disse Tiger. “É muito frustrante para mim”, continuou o número 1 do mundo. “Estou fora por algumas semanas fazendo tratamento, trabalhando para tentar estar pronto para Augusta”, diz. “Mas agora é ainda cedo para dizer; como falei, é muito frustrante”.
Atividades passivas como massagem, ultra-som, eletroterapia, termoterapia, eletromiografia estimulação nervosa elétrica transcutânea (TENS), laser, tração, assim como programas multidisciplinares e terapia cognitiva comportamental devem ser evitadas para tratamento da lombalgia aguda, pois poderiam aumentar o risco de indisposição do paciente e cronicidade da doença.
A dor pode instalar-se de forma gradual (vai doendo cada vez mais) ou, então, pode surgir de forma súbita (“repentina” ou “de repente”), sendo que este facto e a intensidade da dor não estão, por norma, diretamente relacionados com a gravidade do problema. A dor nas costas é um sintoma que deverá ser sempre avaliado pelo médico. Se a dor nas costas for muito forte ou se houver outros sintomas como febre, arrepios, perda de peso, dificuldade em respirar, problemas em se movimentar, entre outros sinais e sintomas a valorizar, deverá procurar um médico com urgência.

Embora não seja mortal, a hérnia de disco pode levar indivíduos economicamente ativos a se aposentarem por invalidez, sendo as causas multifatoriais, como: permanecer sentado por longas horas e o comportamento sedentário. Devido à repercussão econômica causada pelas lombalgias e hérnias de disco, elas se tornaram a 1ª causa de pagamento de auxílio doença e a 3ª causa de aposentadoria por invalidez.
Nos casos de lesão crônica na região da coluna, o radiologista observa que exercícios físicos funcionais, como fortalecimento da musculatura nas regiões lombar e abdominal podem diminuir as dores. “Pode ser importante, desde que não envolva impactos ou sobrepesos. Os que podem ajudar são musculação, pilates, RPG, entre outros. Se a atividade for mal escolhida, você apenas aumentaria o problema”, alerta.
Apesar de Woods já ter ficado fora de dois British Opens (2008 e 2011), de um US Open (2011) e de um PGA Championship (2008), ele nunca deixou de jogar no Masters desde que estreou, em 1995, ainda como amador. Ele venceu quatro vezes em Augusta (1997, 2001, 2002 e 2005), mas além de não vencer o Masters há oito anos, não conquista nenhum major desde 2008.
Formado em fisioterapia pela Unifor (Universidade de Fortaleza) em 1985, Helder Montenegro é presidente da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna – ABRColuna, Presidente de honra por seis edições do Congresso Internacional de Fisioterapia Manual e autor do livro Hérnia de Disco e Dor Ciática que alcançou a venda de 10.000 exemplares, apenas, na primeira edição. Desenvolveu, pioneiramente, um trabalho eficaz voltado ao tratamento das patologias da coluna vertebral, prestigiado e utilizado como referencial por muitos outros profissionais do ramo. Nestes anos de experiência com a fisioterapia e o empreendedorismo, sempre procurou incentivar os colegas fisioterapeutas de que, mesmo com os diferentes empecilhos, o trabalho poderia alcançar relevância em notoriedade. E, dessa forma, Helder Montenegro se destacou no ramo da gestão, sendo reconhecido pelo empenho e comprometimento com a fisioterapia. As palestras e conferências que ministra deram um enorme salto qualitativo à profissão que, a cada dia, expande em seu espaço no cenário nacional. Foi um dos primeiros fisioterapeutas a chefiar o departamento médico de um grande clube do futebol brasileiro; atuou como fisioterapeuta no futebol europeu, no clube Galatasaray, na Turquia (2000); contribuiu, significativamente, para a introdução e divulgação das técnicas de Fisioterapia Manual no Brasil, como professor de pós-graduação, ministrando cursos, palestras e promovendo seis congressos internacionais, sendo dois transmitidos ao vivo, via satélite (em 2001), e outro ao vivo (em 2014) transmitido pela internet. Participou de cursos e estágios na Europa (Podoposturologia, Osteopatia, Cadeias Musculares) e nos Estados Unidos (Maitland e Programas científicos da Chattanooga Group utlizando Eletroterapia, Mesa de tração Triton DTS, Mesa de Flexão Ergostyle e Estabilização Vertebral) firmando, então, uma parceria com este grande grupo e criando a técnica de Reconstrução Músculo-Articular da Coluna Vertebral.
Fundamentado na execução de exercícios resistidos (quando os movimentos acontecem contra alguma resistência externa como um halter, uma barra, um extensor de borracha, etc). O grau de participação de cada um desses componentes deverá variar de acordo com os objetivos, nível de condicionamento físico individual, restrições de saúde, disponibilidade de tempo e motivação. No caso específico de indivíduos que apresentam dor na coluna vertebral, as principais recomendações para prescrição e supervisão de exercícios resistidos com foco na Aptidão Física Relacionada à Saúde (AFRS) são:

66 Bras J Rheumatol 2010;50(1):56-66Heymann et al.4. Annemans L, Wessely S, Spaepen E, Caekelbergh K, Caubère JP, Le Lay K et al. Health economic consequences related to the diagnosis of bromyalgia syndrome. Arthritis Rheum 2008; 58(3):895-902.5. Provenza JR, Pollak DF, Martinez JE, Paiva ES, Helfenstein M, Heymann R et al. Diretrizes da Fibromialgia - Sociedade Brasileira de Reumatologia, 2004. Disponível em: http://www.projetodiretrizes.org.br/projeto_diretrizes/052.pdf.6. Associação Médica Brasileira. Conselho Federal de Medicina. Projeto Diretrizes: introdução. Disponível em: www.projetodiretrizes.org.br/projeto_diretrizes/texto_introdutorio.pdf7. Axia.Bio Farmacoeconomia e pesquisa em saúde. Disponível em: www.axia.bio.br.8. Carville SF, Arendt-Nielsen S, Bliddal H, Blotman F, Branco JC, Buskila D et al. EULAR evidence-based recommendations for the management of bromyalgia syndrome. Ann Rheum Dis 2008; 67(4):536-41.9. Goldenberg DL, Burckhardt C, Crofford L. Management of bromyalgia syndrome. JAMA 2004; 292(19):2388-95. 10. O’Malley PG, Balden E, Tomkins G, Santoro J, Kroenke K, Jackson JL. Treatment of bromyalgia with antidepressants: a meta-analysis. J Gen Intern Med 2000; 15(9):659-66.11. Tofferi JK, Jackson JL, O’Malley PG. Treatment of bromyalgia with cyclobenzaprine: A meta-analysis. Arthritis Rheum 2004; 51(1):9-13.12. Furlan AD, Sandoval JA, Mailis-Gagnon A, Tunks E. Opioids for chronic noncancer pain: a meta-analysis of effectiveness and side effects. CMAJ 2006; 174(11):1589-94.13. Thomas E, Blotman F. Are antidepressants effective in bromyalgia? Joint Bone Spine 2002; 69(6):531-3.14. Jacobs JW, Geenen R. Are antidepressant drugs efcacious in the treatment of bromyalgia? West J Med 2001; 175(5):314.15. Mayhew E, Ernst E. Acupuncture for bromyalgia--a systematic review of randomized clinical trials. Rheumatology (Oxford) 2007; 46(5):801-4.16. Perrot S, Javier RM, Marty M, Le Jeunne C, Laroche F; CEDR (Cercle d’Étude de la Douleur en Rhumatologie France), French Rheumatological Society, Pain Study Section. Is there any evidence to support the use of anti-depressants in painful rheumatological conditions? Systematic review of pharmacological and clinical studies. Rheumatology (Oxford) 2008; 47(8):1117-23.17. Mannerkorpi K, Iversen. Physical exercise in bromyalgia and related syndromes. Best Pract Res Clin Rheumatol 2003; 17(4):629-47.18. Holdcraft LC, Asse N, Buchwald D. Complementary and alternative medicine in bromyalgia and related syndromes. Best Pract Res Clin Rheumatol 2003; 17(4):667-83.19. Jung AC, Staiger T, Sullivan M. The efcacy of selective serotonin reuptake inhibitors for the management of chronic pain. J Gen Intern Med 1997; 12(6):384-9.20. Sim J, Adams N. Systematic review of randomized controlled trials of nonpharmacological interventions for bromyalgia. Clin J Pain 2002; 18(5):324-36.21. Mannerkorpi K, Henriksson C. Non-pharmacological treatment of chronic widespread musculoskeletal pain. Best Pract Res Clin Rheumatol 2007; 21(3):513-34.22. Crofford LJ.Pain management in bromyalgia. Curr Opin Rheum 2008; 20(3);246-250.23. Busch AJ, Barber KA, Overend TJ, Peloso PMJ, Schachter CL. Exercise for treating bromyalgia syndrome. Cochrane Database of Systematic Reviews 2007, Issue 4. Art. No.: CD003786. DOI: 10.1002/14651858.CD003786.pub2.24. University of Texas, School of Nursing, Family Nurse Practitioner Program. Fibromyalgia treatment guideline. Austin (TX): University of Texas, School of Nursing; 2005. 13 p.25. Buckhardt CS, Goldenberg D, Crofford L, Gerwin R, Gowans S, Kugel P et al. Guideline for the management of bromyalgia syndrome pain in adults and children. APS Clinical Practice Guidelines Series, No 4. Glenview, IL: American Pain Society; 2005.26. Institute for Clinical Systems Improvement (ICSI). Assessment and management of chronic pain. Bloomington (MN): Institute for Clinical Systems Improvement (ICSI); 2007. 87 p.27. Development and validation of an international appraisal instrument for assessing the quality of clinical practice guidelines: the AGREE project. Qual. Saf. Health Care 2003; 12;18-23.
English: Use Acupressure for Back Pain, Español: usar la acupresión para el dolor de espalda, Русский: облегчить боль в спине с помощью точечного массажа, Italiano: Usare la Digitopressione contro il Mal di Schiena, Français: utiliser l'acupression pour les douleurs dans le dos, Bahasa Indonesia: Meredakan Nyeri Punggung dengan Akupresur, Deutsch: Akupressur bei Rückenschmerzen nutzen

A Acupressão é uma terapia alternativa que pode ser aplicada para aliviar a dor de cabeça, a cólica menstrual e outras dores que surgem no dia-a-dia. Esta técnica tal como a acupuntura, tem origem na medicina tradicional chinesa, sendo indicada para aliviar dores ou para estimular o funcionamento de órgãos através da pressão de pontos específicos nas mãos, pés, e braços.


– Recomendação especial para gestantes: manter atividade física supervisionada e permanecer dentro do peso. Lembrar que as dores lombares em gestantes são comuns e, na maioria das vezes, não representam nenhum problema sério de coluna. Deve-se procurar um especialista em coluna para fazer o diagnóstico correto, tratamento e prevenção de novas crises;
A Tabela 1 apresenta as características gerais das parturientes, conforme grupo de locação. Os grupos foram semelhantes quanto à idade, aos anos de estudo e estado marital. A maioria das participantes tinha instrução escolar até o ensino médio (96,2% do grupo BP6, 90,4% do GT e 94,2% do GC). As demais estavam cursando ou haviam concluído o ensino superior.
Assim, se está tomando comprimidos de Paracetamol ou Tylenol, por exemplo, se achar que não está sendo suficiente porque não alivia a dor, poderá passar uma pomada anti-inflamatória no local da dor, antes de pensar em tomar outro comprimido, por que assim evita-se os efeitos colaterais que os remédios podem causar no fígado. Se achar que o remédio e a pomada não estão tendo o efeito esperado deve voltar ao médico para que ele possa indicar e aplicar a injeção. 
Por outro lado, a dor pode durar um tempo muito longo em outros pacientes, apesar de tentar vários tratamentos. Enquanto as pessoas com “agudo ciática” (curto prazo) tem uma boa chance de se recuperando bem, cerca de 20 por cento a 30 por cento vai enfrentar problemas persistentes após um ou dois anos. (8) Em alguns casos, em curso dormência nas coxas e nádegas, pode ser um sinal de um problema mais grave, como a lesão do nervo, que pode se tornar permanente, ou até mesmo uma doença, por isso é sempre uma boa idéia consultar um profissional se o nervo ciático dor dura por um longo tempo.
Mas, afinal, por que a bursite no quadril faz mais vítimas mulheres? “A bursite no quadril, chamada formalmente de bursite trocantérica, atinge mais pessoas do sexo feminino por causa da biomecânica do quadril (entenda aqui), que é diferente da dos homens”, explica Christina May Moran, fisiatra e coordenadora do Centro de Reabilitação do Hospital Sírio-Libanês.
Contraditoriamente, apesar do paciente sentir-se persistentemente cansado, não fazer nada ao longo do dia tende a piorar os sintomas. Nada é pior para os sintomas da fibromialgia do que o sedentarismo. Exercícios físicos aeróbicos e musculação melhoram a qualidade de vida e diminuem a intensidade das dores e a sensação de cansaço. O paciente deve ser encorajado a sair da inércia e vencer a indisposição inicial. Estudos mostram que a prática de Yoga e Tai Chi Chuan são tão eficazes quanto exercícios aeróbicos, ajudando a melhorar o cansaço, as dores e a qualidade do sono.

Durante a anamnese e exame físico dos pacientes com ciatalgia, os últimos referem normalmente quadro álgico em região lombar e posterior de coxa, sendo estes os primeiros sintomas relatados que induzem os profissionais aos testes específicos para o nervo ciático. A dor pode ser local ou irradiada, dependendo do grau de compressão nervosa e estruturas envolvidas com o processo inflamatório.


O número que vemos acima é categórico quando queremos discutir a importância de fazer um swing de golfe com uma sequência correcta. Se fazemos uma análise dos segmentos do corpo utilizados durante o swing, percebemos que cada um tem um papel determinado em cada momento. Por exemplo, queremos mais mobilidade nas ancas, mais estabilidade na zona lombar, maior mobilidade no tórax, estabilidade na zona escapular, mobilidade na articulação dos ombros, etc.
Os pontos de acupressão são facilmente aprendidos e aplicados nas condições do dia a dia. Um profissional habilidoso poderá orientá-lo em seu tratamento caseiro. A acupressão não pretende substituir o tratamento médico tradicional, mas talvez complementá-lo. A medicina ocidental é usada na China moderna em conjunto com esses métodos, trazendo resultados excelentes.

Para quem não está acostumado, a dureza do piso pode causar alguns traumas na canela. O asfalto e o concreto são seis vezes mais prejudiciais para o tecido da tíbia em relação aos terrenos mais leves (como terra batida). Recomenda-se que os treinos na rua sejam leves para o iniciante, alternando com treinamentos em terrenos que geram menos impacto. Terrenos com grama e areia dura ajudarão nesse quesito.
Por vezes, a dor pode irradiar (“uma dor que vai da coluna”) para outras regiões anatómicas, sendo a mais frequente a dor ciática (ciatalgia). A ciatalgia é uma dor nas costas que irradia para as pernas até ao pé, que ocorre como consequência da compressão do nervo ciático, que se estende desde a coluna até aos pés. Podem também ocorrer adormecimento (formigueiros) ou alterações da força no(s) membro(s) afetado(s).
Deite-se um tapete de acupuntura indica que a pressão exercida pela superfície do tapete é consistente. Esta libertação de pressão peps de endorfinas pela glândula pituitária. Estas endorfinas são apenas péptidos opióides endógenos que desempenham o papel de neurotransmissores no corpo. Isso desencadeia o estresse geral e alívio da dor, seguido de relaxamento completo. Em alguns casos, as esteiras de acupuntura também acreditado para reduzir os níveis de pressão arterial elevada. 

Pode ser uma surpresa para a maioria dos golfistas que, devido às várias paradas e períodos de espera nas partidas, eles ficam em pé aproximadamente 70% do tempo ao jogar 18 buracos. Isso é considerado mais extenuante do que andar. Portanto, é o tempo que passa-se parado que cria cansaço nos pés e pernas. As palmilhas de golfe[4] reduzem este problema devido a pressão hidráulica que tem uma forte influência sobre o fornecimento de energia para os pés e as pernas. O baixo grau de cansaço resultará em uma maior concentração no jogo.


Todas as queixas no organismo, bem como a dor física, são muitas vezes caracterizadas por fatores de estresse ou sentimentos como raiva, fadiga, inércia e tristeza. É assim que a medicina chinesa acredita que o equilíbrio do nosso corpo é necessariamente dependente da condição mental. Da mesma forma, o equilíbrio do corpo depende do próprio estilo de vida. Se, por exemplo, existe um estresse psicológico, pode-se assumir que o fluxo de energia é perturbado e, assim, envia sinais apropriados ao corpo sob a forma de doença ou dor.

Normalmente não são necessários testes específicos para se diagnosticar dor nas costas. O médico pode examinar o paciente e verificar se há alguma irregularidade com a coluna. Caso haja suspeita de alguma doença mais grave, exames de sangue e urina podem ser necessários para comprovar se há ou não algum outro fator que cause a doença (como infecções).
A lombalgia – dor nas costas – está presente na grande maioria da população mundial adulta, sendo que de 30 a 40% destas pessoas apresentam de forma assintomática hérnia de disco lombar e de 2 a 3% já estão acometidas pelo sintoma desta patologia, cuja prevalência acima dos 35 anos é de 4,8% no universo masculino e 2,5% no feminino. No país, segundo dados do IBGE, a hérnia de disco atinge 5,4 milhões de brasileiros. O problema é consequência do desgaste da estrutura entre as vértebras que, na prática, funcionam como “amortecedores” naturais do impacto entre elas. Dessa forma, a estrutura se desloca e comprime os nervos da região.
Os mecanismos precisos pelos quais a acupressão no ponto BP6 induz o TP não são claros. Durante o TP é comum a obstrução dos meridianos que atravessam o corpo, bloqueando o fluxo desses canais; com isso, o estímulo ajudaria a desobstruir os meridianos e restaurar seu equilíbrio, trazendo bem-estar à parturiente. 7 A acupressão poderia, também, estimular a liberação de ocitocina pela glândula pituitária, que, por sua vez, regula as contrações uterinas para melhorar a evolução do TP. 5 No entanto, não foram encontrados estudos que dosaram o nível de ocitocina ou qualquer hormônio endógeno que possa induzir as contrações uterinas, tratando exclusivamente sua amostra com acupressão, o que sugere que investigações futuras são necessárias para melhor elucidar os mecanismos fisiológicos subjacentes da acupressão sobre o organismo materno.
O alongamento baseado na técnica de Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva (contrai-relaxa/mantém-relaxa) possui efeitos significativos na redução da compressão do nervo ciático, em conjunto com os alongamentos convencionais (estáticos – passivos e ativos) e com as manobras de mobilização neural. As últimas são complementares, tendo o papel de reposicionar os segmentos do nervo para reduzir a sua compressão.
Lin Tchie Yeng – Normalmente, a dor da fibromialgia aparece num ponto determinado. A pessoa se queixa, por exemplo, de dor no braço e o médico suspeita de tendinite ou LER (lesões por esforços repetitivos). No outro dia, ela reaparece no ombro ou nas regiões lombar e cervical. É uma dor migratória que, na ausência de diagnóstico e tratamento adequado, pode espalhar-se por todo o corpo.
×